Welcome to our website !

É pra lá que eu vou

By 09:29

                              


                                    Quer ser feliz?! Não compre nada, vá viajar ...

Tanta preocupação, tanta ingratidão e me deparo com o velho dilema da falsa felicidade. Eu preciso sorrir e tentar ser feliz, mais o sentimento não é verdadeiro e de súbito me ocorre a majestosa sensação de falta. Não há nada que eu queira que esteja aqui, então resolvi procurar em outro lugar. Paris, New york, á como eu desejo vocês. Meu carro velho, cheio de velhas lembranças e a sensação de que ser feliz é tão fácil, volta novamente com a mesma rapidez com que tinha ido. Ou som da estrada, suplicando por distancia e o ricochetear do vento que entra pela janela. Sem rumo sem direção. Quem sabe faço uma descoberta, uma lugar nunca visitado, um ser nunca encontrado ou talvez eu só pare numa pequena cidade e aprenda um pouco com alguém muito mais velho enquanto tomamos chá. O tropeço hipoteticamente na velha vã de Hippies felizes que cantam e acenam pros motoristas descontentes na beira da estrada. Talvez eu compre presentes ou talvez não. Meu radio toca Janis Joplin e eu canto loucamente enquanto as pessoas na estrada riem e outras me olham como se eu fosse uma maluca. Talvez eu seja, é tudo que eu preciso, uma loucura de vez em quando. E de repente parar pra observar a linda paisagem no topo dos morros que as estradas cortam impiedosamente. O dia na estrada passa rápido, principalmente quando não se tem um destino certo , e a diversão toda está apenas no fato de sair de casa e rumar ao desconhecido. Uma mala na traseira do carro, uma musica boa no radio, óculos de sol e muita disposição. Agora é aproveitar a viajem e ser feliz. Seja longe ou seja perto, mais sempre de coração aberto!  












You Might Also Like

0 comentários